IMPORTANTE

APRESENTAÇÃO DOS CURSO DE 2021
Conheça a relação dos Cursos programados para o ano de 2021.
SAIBA MAIS


PRÓXIMO CURSO : PLANO DE DESENVOLVIMENTO DE BAIRRO
CURSO SERÁ REALIZADO POR VÍDEO-CONFERÊNCIA
Na maioria das cidades do mundo, Bairro é uma comunidade ou região que está dentro de uma cidade ou município e é considerada como a unidade mínima de urbanização. O bairro caracteriza-se pelo “sentimento de pertencimento” existente entre moradores e localidade, e cuja formação depende não apenas da condição geográfica, mas também da relação entre as famílias e as pessoas.
A se realizar em 25 e 26 de junho, o Curso tratará da caracterização do processo de produção do espaço urbano, das corretas técnicas de intervir, as ferramentas legais e das formas de intervenção.
A partir do Estatuto das Cidades, planejar o futuro das cidades em conjunto com a população é hoje, não só compromisso da administração pública, como também conquista dos cidadãos.
SAIBA MAIS
INSCREVA-SE

CONHEÇA O FACEBOOK DO INSTITUTO CIDADE
Agora você pode obter informações de nossos trabalhos e de nossos cursos através do Facebook.
-Clique para Temas Urbanísticos Selecionados.
-Clique para Assuntos de Sustentabilidade.
-Clique para Questões de Mobilidade Urbana.

PLANO DE MOBILIDADE URBANA:
SEU MUNICÍPIO JÁ TEM?

O acesso a recursos federais está vinculado à apresentação do Plano Municipal de Mobilidade Urbana.
A TECTON / Instituto CIDADE está habilitada para desenvolver este Plano, preparar as equipes municipais, bem como prestar consultoria.
ENTRE EM CONTATO para que seu Município desenvolva o seu plano.

Corpo Docente  

Pascoal Mário Costa Guglielmi


Arquiteto, urbanista e planejador, formado em 1976 pela FAU Mackenzie, com especialização em Políticas Habitacionais pela Architectural Association de Londres e mestrado em Administração Pública e Planejamento Urbano pela Getúlio Vargas; com 15 anos de atividades docentes em Planejamento Urbano nas universidades Mackenzie, Belas Artes, São Judas e Cruzeiro do Sul.

Trabalhou de 1980 a 1984 no Banco Nacional da Habitação e, como responsável pela TECTON e membro do Instituto CIDADE, desenvolve projetos habitacionais e urbanísticos para esferas de governo estadual e municipais, principalmente em São Paulo e Rio de Janeiro, com destaque para suas participações nas Bienais de Veneza de 2002 e de São Paulo de 2003.

Atua em projetos habitacionais e urbanísticos para esferas de governo estadual e municipal, com destaque para a elaboração de diversos projetos na Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbanístico do Estado de São Paulo - CDHU, no Programa Guarapiranga em São Paulo e no Programa Favela-Bairro no Rio de Janeiro.

Credenciado pelo Ministério das Cidades, tem realizado atividades de planejamento urbano para diversas prefeituras, tendo coordenado a elaboração dos Planos Diretores da SubPrefeitura do Butantã, Franco da Rocha, Ourinhos, Cocal do Sul e Orleans. Coordenou a elaboração dos Planos Habitacionais de Pindamonhangaba, Limeira, Mogi Mirim e Taquarituba. Recebeu recentes premiações nos concursos Habitação para Todos, da CDHU, e Morar Carioca, da Secretaria de Habitação do Rio de Janeiro.

Clique aqui para fazer download do currículo.

Herman Charles Christ


Analista de SIG, trabalha há 10 anos com dados espaciais nas áreas de digitalização de bases cartográficas, cartografia temática digital, modelagem de dados espaciais, integração de Sistemas de Informações Geográficas e desenvolvimento de Sistemas de Informações com módulos espaciais.

Atuou no Programa de Saneamento Ambiental da Bacia do Guarapiranga da Prefeitura do Município de São Paulo. Coordenou a equipe de digitalização de bases cartográficas para o projeto piloto de informatização para a Companhia Energética de São Paulo (CESP). Participou da digitalização e confecção de cartografia referente às Zonas Especiais de Interesse Social (ZEIS) para o Plano Diretor Estratégico do Município de São Paulo e na estruturação e gestão de dados espaciais, destinados a instrução do Projeto de Lei de Uso e Ocupação do Solo para a Prefeitura de Guarulhos.

Trabalhou com integração de dados espaciais na equipe de desenvolvimento de sistemas da empresa Diagonal Urbana Consultoria no projeto de um sistema de gerenciamento integrado para a Superintendência de Habitação Popular da Cidade de São Paulo (HABI). Atualmente responde pelo sistema de gerenciamento de redes do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Guarulhos, junto à empresa VSTech Sistemas.

Maria Luiza dos Santos Mota


Economista, com especialização em planejamento urbano, gestão social e planejamento estratégico.

Ocupou os seguintes cargos de gerência: programas habitacionais do ex-BNH; programas habitacionais com agentes e entidades do governo da CEF; programa de desenvolvimento de comunidades da CEF; contratos e seguros e superintendência comercial da COHAB-SP. Atuou como consultora da FINATEC/UNB no desenvolvimento do projeto para elaboração de agenda estratégica para implantação de modelo de operação das áreas de meio ambiente e urbanismo do Ministério Público do Estado de São Paulo.

Pelo Instituto CIDADE, participou da formulação dos Planos Diretores de Pindamonhangaba, Franco da Rocha, Ourinhos, no Estado de São Paulo, e Cocal do Sul e Orleans, em Santa Catarina. Atualmente, trabalha na Companhia Estadual de Habitação e Urbanismo do Estado de São Paulo, onde responde pelo programa de Regularização de Empreendimentos.